Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Geodsia

Sistema Geodsico Brasileiro

Rede Altimtrica

Histrico

Em 13 de Outubro de 1945, a Seo de Nivelamento (SNi) iniciava os trabalhos de Nivelamento Geomtrico de Alta Preciso, dando partida ao estabelecimento da Rede Altimtrica do Sistema Geodsico Brasileiro (SGB). No Distrito de Cocal, Municpio de Urussanga, Santa Catarina, onde est localizada a Referncia de Nvel RN 1-A, a equipe integrada pelos Engenheiros Honrio Beserra - Chefe da SNi -, Jos Clvis Mota de Alencar, Pricles Sales Freire e Guarany Cabral de Lavr efetuou a operao inicial de nivelamento geomtrico no IBGE.

Em Dezembro de 1946, foi efetuada a conexo com a Estao Maregrfica de Torres, Rio Grande do Sul, permitindo, ento, o clculo das altitudes das Referncias de Nvel j implantadas. Concretizava-se, assim, o objetivo do Professor Allyrio de Mattos de dotar o Brasil de uma estrutura altimtrica fundamental, destinada a apoiar o mapeamento e servir de suporte s grandes obras de engenharia, sendo de vital importncia para projetos de saneamento bsico, irrigao, estradas e telecomunicaes.

Em 1958, quando a Rede Altimtrica contava com mais de 30.000 quilmetros de linhas de nivelamento, o Datum de Torres foi substitudo pelo Datum de Imbituba, definido pela estao maregrfica do porto da cidade de mesmo nome, em Santa Catarina. Tal substituio ensejou uma sensvel melhoria de definio do sistema de altitudes, uma vez que a estao de Imbituba contava na poca com nove anos de observaes, bem mais que o alcanado pela estao de Torres.

Ajustamentos da RAAP

A Rede Altimtrica de Alta Preciso (RAAP) do Sistema Geodsico Brasileiro (SGB) passou por diversos processos de ajustamento manuais das observaes de nivelamento (1948, 1952, 1959, 1962, 1963, 1966, 1970 e 1975), conforme seu desenvolvimento e as ferramentas de clculo disponveis a cada poca. O ltimo ajustamento, denominado Ajustamento Altimtrico Global Preliminar (AAGP), foi finalizado em 1993 e corrigiu alguns problemas dos ajustamentos anteriores, como a aplicao da reduo pseudo-ortomtrica, que trata apenas do efeito do no paralelismo das superfcies equipotenciais do campo da gravidade normal. Contudo, devido limitao dos programas, o AAGP foi realizado de forma a particionar a RAAP em vrios macrocircuitos (MMCC) e ajustamentos independentes.

Somente no incio de 2005, foi possvel iniciar o processo que levou ao ajustamento simultneo, concludo em maio e disponibilizado em 20 de junho deste ano. A organizao e a preparao de todos os dados da RAAP, observaes e memoriais descritivos, demandaram a gerao de programas especficos de crtica dos dados, onde foram identificadas e corrigidas as inconsistncias encontradas. Assim, foi possvel incluir estaes que anteriormente receberam valores preliminares e cerca de 12.000 que ainda no haviam sido calculadas. Tambm foram identificadas reas que precisam de novas medies, confirmada a necessidade de manuteno de vrias estaes geodsicas existentes e construo de novas.

Para o clculo do ajustamento foi utilizado o software canadense denominado GHOST (Geodetic adjustment using Helmert blocking Of Space and Terrestrial data), que permite o ajustamento simultneo de grandes redes geodsicas. Neste ajustamento foram includas todas as RRNN medidas e no calculadas, antes e depois do AAGP, e as RRNN pertencentes aos ramais das linhas de nivelamento. Como resultado, foram disponibilizadas altitudes ajustadas de aproximadamente 69000 RRNN, juntamente com seus respectivos desvios-padro, propagados desde a origem da Rede, no margrafo de Imbituba/SC.

Observa-se que, devido impossibilidade de estabelecimento de Referncias de Nvel no entorno do baixo Rio Amazonas, a pequena poro da Rede Altimtrica existente no estado do Amap no pde ser conectada a Imbituba, levando utilizao do nvel mdio do mar no Porto de Santana entre 1957 e 1958, originando o Datum Santana.

importante ressaltar que a introduo de novas observaes, a metodologia utilizada e as inconsistncias corrigidas ocasionaram mudanas nas altitudes das antigas estaes.

Cartograma (formato pdf)