Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Cartografia

Vetorizao de Cartas Topogrficas

Especificaes Tcnicas

1 - Objeto: vetorizao de cartas do mapeamento topogrfico sistemtico, nas escalas 1:25.000, 1:50.000, 1:100.000 e/ou 1:250.000.

2 - Fonte de dados: arquivos raster editados e georeferenciados conforme o sistema de projeo e o datum horizontal de cada carta topogrfica, correspondentes aos fotolitos (ou originais de restituio/compilao/gravao) das cartas do mapeamento topogrfico sistemtico, nas escalas 1:25.000, 1:50.000, 1:100.000 e/ou 1:250.000.

3 - Georeferenciamento dos arquivos: o processo de vetorizao no pode alterar os parmetros relativos ao sistema de projeo e ao datum horizontal do sistema geodsico utilizados no georeferenciamento dos arquivos raster, executado pelo IBGE.

4 - Processo de vetorizao: pode ser utilizado o processo automtico, bem como o processo semi-automtico.

5 - Arquivos vetoriais: a vetorizao deve gerar arquivos do tipo Microstation 2d (extenso dgn), cujas "working units" devem ser as seguintes:

    master units = km

    sub units = m

    m por km = 1.000

    positional units por m = 10

6 - Categorias de informao: para cada carta topogrfica, devem ser gerados 8 arquivos vetoriais, correspondendo s seguintes categorias de informao:

    1) hidrografia (hd).

    2) hipsografia (hp).

    3) sistema virio (sv).

    4) localidade (lc).

    5) obra e edificao (oe).

    6) ponto de referncia (pr).

    7) limite (lm).

    8) vegetao (vg).

7 - Elementos cartogrficos: cada arquivo vetorial deve armazenar os elementos cartogrficos, conforme as especificaes relacionadas na Tabela de Elementos, da Mapoteca Topogrfica Digital, do IBGE.

8 - Nome dos arquivos: cada arquivo raster deve ter como nome o nmero no Mapa ndice do IBGE, seguido da combinao de letras que definem a cor que o original recebe no processo de impresso da carta topogrfica. Con-sultar o documento "Organizao e Estruturao de Arquivos".

9 - Estrutura dos projetos: cada projeto est relacionado a uma escala do mapeamento topogrfico sistemtico. Consultar o documento "Organizao e Estruturao de Arquivos".

10 - Organizao dos diretrios: consultar o documento "Organizao e Estruturao de Arquivos".

11 - Tabela de cores: o arquivo que define as cores dos elementos cartogrficos fornecido pelo IBGE, para instalao no Microstation.

12 - Biblioteca de clulas: os elementos cartogrficos do tipo ponto devem ser vetorizados por meio de clulas constantes em arquivos fornecidos pelo IBGE para instalao no Microstation. No so admitidas "shared cells".

13 - Tabela de elementos: todos os elementos relacionados no documento "Tabela de Elementos" constam em ar-quivos fornecidos pelo IBGE, para instalao no I/Geovec. Fica por conta do contratado a adequao desta tabela para uso em outro programa de vetorizao. Os elementos do tipo linha s devem ser vetorizados como "line strings".

14 - Biblioteca de fontes: toda a toponmia deve estar referenciada ao arquivo fornecido pelo IBGE, para instalao no Microstation e no I/Geovec.

15 - Parmetros de vetorizao - filtro: no deve ser utilizado nenhum valor para filtro de suavizao (simplificao) de linhas. Selecionar a opo "None", para "Smooth Filter", no I/Geovec. Para outro programa de vetorizao ou para eventual vetorizao na tela do monitor (processo manual quando o I/Geovec no vetoriza automaticamente a linha), a distncia mxima entre os vrtices no deve exceder a metade do erro grfico da carta topo-grfica, exceto nos trechos retos que podem ser definidos por vrtices espaados por distncias maiores. A tabela abaixo define as distncias mximas toleradas para espaamento entre os vrtices das linhas.

ESCALAS TOLERNCIA
1:25.000 2,5 metros
1:50.000 5 metros
1:100.000 10 metros
1:250.000 25 metros

16 - Conectividade: todos os elementos do tipo linha que se interceptam no mesmo nvel e na mesma categoria devem ser conectados atravs de ns. Para cada interseo de linhas deve ser inserido um n para finalizar as linhas e conect-las.

17 - Formulrio de controle: acompanhando os arquivos vetoriais de cada carta topogrfica deve seguir para o IBGE, na entrega final dos arquivos vetorizados, um formulrio de controle identificando os elementos cartogrficos vetorizados na referida carta. O modelo deste formulrio ser fornecido pelo IBGE.

18 - Integridade dos elementos: todos os elementos do tipo linha devem estar completos no arquivo vetorial, sem falhas, interrupes ou descontinuidades, mesmo que, no arquivo raster, estas linhas apaream interrompidas, como o caso, por exemplo, de algumas curvas de nvel que, por impossibilidade de representao (relevo acentuado) ou para colocao de cotas, aparecem interrompidas na carta topogrfica.

19 - Fechamento de polgonos: todos os elementos do tipo rea devem estar fechados, isto , o n final da linha que delimita cada polgono deve coincidir com o n inicial. No caso de polgonos seccionados pela articulao de folhas do mapeamento topogrfico sistemtico, os mesmos devero ter seus limites fechados por um tipo de linha especial denominado delimitador, existente em cada categoria de informao, o qual ser coincidente com a linha de borda correspondente.

20 - Ligaes externas: todos os elementos do tipo linha que tm continuidade nas folhas adjacentes devem ser "ligados" (alinhados) aos elementos correspondentes nas folhas vizinhas, sem deslocamentos na juno das cartas. Os elementos do tipo rea devem ser fechados na mesma folha por intermdio do elemento delimitador. No caso dos originais fonte da vetorizao apresentarem descontinuidades ou deslocamentos superiores s tolerncias, estas ocorrncias devero ser documentadas no formulrio de controle da vetorizao.

21 - Deslocamento dos elementos: o deslocamento dos elementos do tipo linha e do tipo rea em cada arquivo vetorial s aceito quando no ultrapassa a largura (espessura) da linha raster. Este deslocamento aferido pela superposio do arquivo vetorial com o correspondente raster.

22 - Elementos representados por "patterns" (adornos): todos os elementos do tipo rea que aparecem nos arquivos raster por meio de "patterns" (padres de desenho ou adornos), devem ser vetorizados atravs de linhas fechadas que delimitam estes polgonos. Exemplo de reas representadas por "patterns": terrenos sujeitos inundao, reas de brejo ou pntano, reas de mangue, etc..

23 - Elementos representados por 2 linhas paralelas: todos os elementos representados por 2 linhas paralelas, como o caso de algumas rodovias, devem ser vetorizados por uma nica linha, seguindo a linha mdia, equidistante s 2 linhas paralelas do arquivo raster.

24 - Reticulado da projeo: no deve ser vetorizado o reticulado da projeo UTM. Tambm no devem ser vetorizadas as cruzetas e/ou "tick marks" que possam constar nos arquivos raster.

25 - Cantos de folha: no devem ser vetorizadas as linhas que representam as latitudes e longitudes. Apenas os 4 cantos que delimitam a rea mapeada na carta topogrfica devem ser vetorizados.

COMENTRIOS:

importante que o canto de folha seja vetorizado segundo um ngulo de 900, j que sero associadas a cada canto de folha da carta topogrfica, coordenadas E e N (sistema UTM), para efeito de georeferenciamento do arquivo vetorial, que ser feito poste-riormente pelo IBGE.

26 - Fundo de cor: os elementos cartogrficos do tipo rea que aparecem nas cartas com fundo colorido no devem ser vetorizados com preenchimento de cor no seu interior. Os elementos do tipo rea so definidos por linhas fechadas que delimitam o permetro de cada rea.

27 - Elementos do tipo texto: as informaes textuais (toponmia da carta) devem ser convertidas, de acordo com especificaes fornecidas pelo IBGE, em nveis especficos definidos para cada categoria. Na tabela que especifica estes nveis, estes elementos esto classificados como Toponmia, seguido da abreviatura da categoria.

Exemplo:

    Categoria Hidrografia -- Elemento: Toponmia-Hd;

    Categoria Hipsografia -- Elemento: Toponmia-Hp.

28 - Dados marginais: nenhuma informao marginal deve ser vetorizada. Cada arquivo vetorial s armazena a informao constante no interior da rea mapeada pela carta topogrfica.

29 - Coincidncia de elementos: todos os elementos do tipo linha e do tipo rea que coincidem total ou parcialmente devem ser tratados de acordo com as normas descritas no documento "Edio Vetorial para Superposio de Elementos".

30 - Mdia: os arquivos podem ser entregues em fita DAT 4mm, Zip Disk ou CD-ROM.

31 - Validao dos arquivos: todos os arquivos recebidos sero validados pelo IBGE. Sero verificadas questes do tipo:

    1) Elementos do tipo linha e do tipo rea interrompidos e/ou incompletos.

    2) Ausncia de elementos.

    3) Elementos duplicados.

    4) Elementos coincidentes tratados em desacordo com as normas prescritas.

    5) Erros de conectividade no tratamento de elementos do tipo linha.

    6) Erros de fechamento de polgonos no tratamento de elementos do tipo rea.

    7) Elementos classificados em nveis errados.

    8) Elementos classificados com simbologia errada (cor, estilo e peso).

    9) Deslocamento geomtrico de elementos superior aos valores tolerados.

    10) Elementos vetorizados em categorias erradas.

    11) Elementos do tipo linha e do tipo rea com espaamento entre vrtices maior que o valor especificado.

32 - Correes: os arquivos que apresentarem incorrees sero devolvidos e s sero aceitos aps processadas as devidas correes e apresentarem ndice zero de erro.

33 - Produtos fornecidos pelo IBGE: para a vetorizao de cartas topogrficas, o IBGE fornecer:

    1) Arquivos raster do tipo binrio, preferencialmente no formato tif (grupo 4), editados e georeferenciados.

    2) Tabela de elementos, da Mapoteca Topogrfica Digital, do IBGE.

    3) Tabela de cores (arquivo digital), para Microstation.

    4) Biblioteca de clulas (arquivo digital), para Microstation.

    5) Tabela de elementos (arquivo digital), para I/Geovec.

    6) Biblioteca de fontes (arquivo digital), para Microstation e I/Geovec.

    7) Formulrio de controle da vetorizao.

    8) Especificaes para vetorizao da toponmia.

    9) Especificaes da edio vetorial.

    10) Especificaes para organizao e estruturao de arquivos.

34 - Produtos de entrega para o IBGE: para cada carta topogrfica, devem ser entregues os seguintes produtos:

A - 8 (oito) arquivos vetoriais, correspondendo as 8 (oito) categorias de informao:

    1) hidrografia (hd).

    2) hipsografia (hp).

    3) sistema virio (sv).

    4) localidade (lc).

    5) obra e edificao (oe).

    6) ponto de referncia (pr).

    7) limite (lm).

    8) vegetao (vg).

B - 5 (cinco) plotagens coloridas, em papel, feitas na escala da carta, em ploter do tipo jato de tinta, obedecendo tabela de cores fornecida pelo IBGE, sendo cada plotagem feita da seguinte maneira:

    1) 1 plotagem correspondendo ao arquivo da categoria hidrografia (hd).

    2) 1 plotagem correspondendo ao arquivo da categoria hipsografia (hp).

    3) 1 plotagem correspondendo ao arquivo da categoria vegetao (vg).

    4) 1 plotagem correspondendo aos arquivos superpostos das seguintes categorias:

    sistema virio (sv), localidade (lc), obra e edificao (oe), ponto de referncia (pr) e limite (lm).

    5) 1 plotagem correspondendo aos 8 arquivos superpostos das 8 categorias de informao.