Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Acesso Internet e Televiso e Posse de Telefone Mvel Celular para Uso Pessoal 2015 - PNAD

Acesso Internet e Televiso e Posse de Telefone Mvel Celular para Uso Pessoal 2015

A investigao sobre a utilizao das Tecnologias da Informao e Comunicao - TIC, efetuada pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domiclios - PNAD, traz a pblico um extenso conjunto de informaes que contribuem para a identificao dos principais aspectos relacionados ao acesso s TIC nos domiclios e ao seu uso individual pelas pessoas. Essa investigao tem como foco a Internet em banda larga e, tambm, a recepo de diferentes modalidades de sinais de televiso, que constituem importantes elementos para orientar a transio do sistema analgico de TV para o digital no Pas. Como nos levantamentos anteriores, foram tomados como referncia os indicadores-chave das TIC aprovados na Cpula Mundial da Sociedade da Informao (World Summit on the Information Society - WSIS), realizada em Genebra, em 2005, e os aprimoramentos internacionais posteriormente ocorridos.

Com a presente publicao, o IBGE divulga comentrios analticos sobre os principais resultados do levantamento executado em 2015, fornecendo informaes sobre os diferentes tipos de aparelhos eletrnicos utilizados para acesso Internet (microcomputador, telefone mvel celular, tablet e outros), os domiclios com tablets, assim como aqueles nos quais os moradores realizaram o acesso via banda larga, tanto com tecnologias fixas (DSL, cabo de televiso por assinatura, cabo de fibra ptica, satlite e rdio) quanto mveis (3G e 4G), bem como aqueles com televiso de tela fina, servio de televiso por assinatura, televiso com recepo de sinal digital de televiso aberta e antena parablica. Os perfis dos usurios da Internet e das pessoas com telefone mvel celular para uso pessoal esto detalhados segundo caractersticas, como sexo, idade, nvel de instruo, rendimento mensal domiciliar per capita, ocupao e atividade econmica. A anlise dos resultados, contemplando Brasil, Grandes Regies e Unidades da Federao, ressalta as questes mais relevantes da investigao e traa comparaes de alguns indicadores com aqueles obtidos em 2013 e 2014.

A publicao traz ainda notas tcnicas sobre a pesquisa, com consideraes de natureza metodolgica que permitem conhecer os principais aspectos de sua evoluo histrica e o plano de amostragem, alm de esclarecimentos sobre os indicadores-chave utilizados para a comparabilidade internacional dos dados. Adicionalmente, encontra-se ao final da publicao um glossrio com os conceitos considerados essenciais para a compreenso dos resultados. As estimativas da populao para o clculo dos pesos para a expanso da amostra da PNAD 2015 e a composio dos grupamentos ocupacionais e de atividade considerados encontram-se nos anexos que complementam o presente volume.

O conjunto dessas informaes tambm pode ser acessado no portal do IBGE na Internet, que disponibiliza ainda o plano tabular completo da pesquisa, bem como os microdados, permitindo, assim, a explorao de sua base de dados segundo perspectivas diversas.

Os resultados ora divulgados constituem importante fonte de estatsticas sobre a utilizao das TIC pelas pessoas, subsidiando, assim, o planejamento nacional e as polticas pblicas voltadas para o desenvolvimento tecnolgico do Pas.