Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Pesquisa Mensal de Emprego (Antiga Metodologia)

Notas Metodológicas

1. Aspectos Gerais

A PME uma pesquisa de periodicidade mensal sobre mo-de-obra e rendimento do trabalho.

Os dados so obtidos de uma amostra probabilstica de, aproximadamente, 38.500 domiclios situados nas Regies Metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, So Paulo e Porto Alegre.

Os dados referem-se a determinados perodos de tempo denominados Períodos de referência - os mais importantes so:

  • Semana de referência
           Semana de domingo a sbado, que precede a semana para a realizao da entrevista.
  • Período de referência de 30 dias
           So os 30 dias que antecedem a semana fixada para a entrevista.
  • Mês de referência
           Aquele que antecede ao ms de realizao da pesquisa. Os dados divulgados so relativos s pessoas de 15 anos e mais de idade e semana de referncia, com exceo da taxa de desemprego aberto que divulgada tambm para o perodo de 30 dias e dos rendimentos que so relativos ao ms de referncia da pesquisa.

2. Conceitos Principais

Introdução

A pesquisa segue as recomendaes da Organizao Internacional do Trabalho e objetiva produzir resultados que facilitem a anlise de sua srie em conjunto com as contas nacionais e que viabilizem a comparao a nvel internacional.

Assim, os procedimentos metodolgicos visam separar os indivduos que trabalham daqueles que no trabalham (os que procuram trabalho e os inativos).

O conceito fundamental o de trabalho: significa a ocupação econômica remunerada em dinheiro, produtos ou outras formas no monetrias, ou a ocupação econômica sem remuneração, exercida pelo menos durante 15 horas na semana, em ajuda a membro da unidade domiciliar em sua atividade econmica, ou a instituies religiosas beneficentes ou em cooperativismo ou, ainda, como aprendiz ou estagirio. Para os indivduos que trabalham investiga-se a ocupao, o ramo de atividade, a posio na ocupao, a existncia de mais de um trabalho, o rendimento efetivamente recebido no ms anterior, o nmero de horas efetivamente trabalhadas, etc.

Para os indivduos que procuram trabalho investiga-se a providncia tomada, o tempo de procura, se trabalharam antes com ou sem remunerao, a ocupao, o ramo de atividade e a posio na ocupao do ltimo trabalho. Para os inativos, se procuraram trabalho no perodo de referncia de 30 ou 60 dias.

Conceitos População em Idade Ativa


Compreende as populao economicamente ativa e a populao no economicamente ativa.

I) População Economicamente Ativa

Compreende o potencial de mo-de-obra com que pode contar o setor produtivo, isto , a população ocupada e a população desocupada, assim definidas: população ocupada - aquelas pessoas que, num determinado perodo de referncia, trabalharam ou tinham trabalho mas no trabalharam (por exemplo, pessoas em frias).

As pessoas ocupadas so classificadas em:

  1. Empregados - aquelas pessoas que trabalham para um empregador ou ou mais, cumprindo uma jornada de trabalho, recebendo em contrapartida uma remunerao em Dinheiro ou outra forma de pagamento (moradia, alimentao, vesturio, etc.).

    Incluem- se, entre as pessoas empregadas, aquelas que prestam servio militar obrigatrio e os clrigos.

    Os empregados so classificados segundo a existncia ou no de carteira de trabalho assinada.

  2. Conta Própria - aquelas pessoas que exploram uma atividade econmica ou exercem uma profisso ou ofcio, sem empregados.

  3. Empregadores - aquelas pessoas que exploram uma atividade econmica ou exercem uma profisso ou ofcio, com auxlio de um ou mais empregados.

  4. Não Remunerados - aquelas pessoas que exercem uma ocupao econmica, sem remunerao, pelo menos 15 horas na semana, em ajuda a membro da unidade domiciliar em sua atividade econmica, ou em ajuda a instituies religiosas, beneficentes ou de cooperativismo, ou, ainda, como aprendiz ou estagirio.

População Desocupada - aquelas pessoas que no tinham trababalho, num determinado perodo de referncia, mas estavam dispostas a trabalhar, e que, para isso, tomaram alguma providncia efetiva (consultando pessoas, jornais, etc.).

II) População Não Economicamente Ativa

As pessoas no classificadas como ocupadas ou desocupadas.


Rendimento do Trabalho

Para os empregados, considera-se a remunerao efetivamente recebida no ms de referncia.

Assim sendo, incluem-se as parcelas referentes ao 13, 14, 15 salrios e a participao nos lucros paga pela empresa, ou outra gratificao, no ms de referncia. Para os empregadores e para as pessoas que trabalham por conta própria considera-se a retirada feita ou o ganho lquido recebido efetivamente no ms de referncia.

Define-se como ganho lquido o rendimento bruto menos as despesas efetuadas com o negcio ou profisso (salrio de empregados, despesas com matria-prima, energia eltrica, telefone, etc.).

Para a pessoa que recebe, pelo seu trabalho, em produtos ou mercadorias, considera-se o valor de mercado dos produtos recebidos.

Para a pessoa que estiver licenciada por instituto de previdncia, considera-se o rendimento bruto do benefcio (auxlio-doena, auxlio por acidente de trabalho, etc.), efetivamente recebido no ms de referncia.

3. Indicadores

A partir dos dados levantados pela pesquisa, so gerados mensalmente vrios indicadores, como: Taxa de Desemprego Aberto - relao entre o nmero de pessoas desocupadas (procurando trabalho) e o nmero de pessoas economicamente ativas num determinado perodo de referncia.

  1. Taxa de Desemprego Aberto - pessoas que nunca trabalharam - relao entre o nmero de pessoas desocupadas que nunca trabalharam e o nmero de pessoas economicamente ativas, num determinado perodo de referncia.
  2. Taxa de Desemprego Aberto - pessoas que já trabalharam - relao entre o nmero de pessoas desocupadas que trabalharam e o nmero de pessoas economicamente ativas, num determinado perodo de referncia.

  3. Taxa de Desemprego Aberto por Setor de Atividade - relao entre o nmero de pessoas desocupadas cujo ltimo trabalho foi num determinado setor (indstria de transformao, comrcio, construo civil, servios ou outras atividades) e o nmero de pessoas economicamente ativas no respectivo setor, num determinado perodo de referncia.

Taxa de Atividade - relao entre o nmero de pessoas economicamente ativas e o nmero de pessoas em idade ativa num determinado perodo de referncia.

Proporção de Pessoas Ocupadas por Setor de Atividade - relao entre o nmero de pessoas ocupadas num determinado setor (indstria de transformao, comrcio, construo civil, servios ou outras atividades) e o nmero de pessoas ocupadas, num determinado perodo de referncia.

Proporção de Pessoas Ocupadas por Posição na Ocupação - relao entre o nmero de pessoas ocupadas em cada posio (empregados com ou sem carteira assinada conta prpria e empregadores) e o nmero de pessoas ocupadas, num determinado perodo de referncia.

4. Sazonalidade dos Indicadores Alguns indicadores da Pesquisa Mensal de Emprego apresentam movimentos tipicamente sazonais, como, por exemplo, a diminuio do nmero de pessoas desocupadas (procurando trabalho) no ltimo trimestre do ano e o aumento dos rendimentos mdios reais no ms de dezembro, Devido ao recebimento do 13 salrio e gratificaes normais nesta poca do ano.