Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

English Español
A- A+

Pesquisa Agrícola Municipal

IBGE disponibiliza série histórica completa da Pesquisa Agrícola Municipal

A partir de hoje, o IBGE disponibiliza no Sistema IBGE de Recuperação Automática (SIDRA) toda a série histórica da Pesquisa da Produção Agrícola Municipal (PAM), de 1974 a 2015. Até agora, só estavam disponíveis os dados a partir de 1990. Com isso, dados que antes só poderiam ser consultados no Banco Multidimensional de Estatística (BME), de acesso mais restrito, passam a compor o acervo do SIDRA, tornando as informações mais acessíveis ao público externo, que pode realizar suas consultas sobre a área plantada, área colhida, quantidade produzida, rendimento médio e valor da produção de 64 culturas nos diferentes municípios brasileiros onde são cultivadas.

Para interpretação correta da série histórica, é importante ter atenção às seguintes observações:

  1. Os municípios sem informação para pelo menos um produto da lavoura não aparecem nas listas.
  2. A partir do ano de 2001, as quantidades produzidas dos produtos: abacate, banana, caqui, figo, goiaba, laranja, limão, maçã, mamão, manga, maracujá, marmelo, melancia, melão, pera, pêssego e tangerina passam a ser expressas em toneladas. Nos anos anteriores, eram expressas em mil frutos, com exceção da banana, que era expressa em mil cachos. O rendimento médio passa a ser expresso em Kg/ha. Nos anos anteriores, era expresso em frutos/ha, com exceção da banana, que era expressa em cachos/ha.
  3. As unidades de medida das plantas frutíferas foram alteradas em 2001. A tabela de conversão de frutos em quilogramas encontra-se no documento: https://sidra.ibge.gov.br/content/documentos/pam/AlteracoesUnidadesMedidaFrutas.pdf.
  4. Até 2001, café (em coco); a partir de 2002, café (beneficiado ou em grão).
  5. Os produtos girassol e triticale só apresentam informação a partir de 2005.
  6. As quantidades produzidas de abacaxi e de coco-da-baía são expressas em mil frutos, e o rendimento médio em frutos/ha.
  7. Valores para a categoria “Total” indisponíveis para as variáveis “Quantidade produzida” e “Rendimento médio”, pois as unidades de medida diferem para determinados produtos.
  8. Subentende a possibilidade de cultivos sucessivos ou simultâneos (simples, associados e/ou intercalados) no mesmo ano e no mesmo local, podendo, por isto, a área informada da cultura exceder a área geográfica do município.
  9. As culturas de abacaxi, cana-de-açúcar, mamona e mandioca são consideradas culturas temporárias de longa duração. Elas costumam ter ciclo vegetativo que ultrapassa 12 meses e, por isso, as informações são computadas nas colheitas realizadas dentro de cada ano civil (12 meses). Nessas culturas, a área plantada refere-se à área destinada à colheita no ano.
  10. A diferença entre a área plantada ou destinada à colheita e a área colhida na lavoura é considerada como área perdida.



Diretoria de Pesquisas
5 de setembro de 2017